Warning: Parameter 1 to wp_default_scripts() expected to be a reference, value given in /home/storage/2/b8/a8/hospitaldeolhossant1/public_html/wp-includes/plugin.php on line 600

Warning: Parameter 1 to wp_default_styles() expected to be a reference, value given in /home/storage/2/b8/a8/hospitaldeolhossant1/public_html/wp-includes/plugin.php on line 600


  Central de Marcação : 82 2121-2800

Responsabilidade Social

A preservação da saúde ocular relacionada aos problemas da sociedade é uma questão que também preocupa o Hospital de Olhos Santa Luzia. Atenta à atual situação das patologias oculares, especialmente em comunidades carentes, a direção do Hospital criou e mantém projetos sociais que visam o atendimento médico-oftalmológico à população de baixa renda.

Imagem2

FUNDAÇÃO DE AMPARO A VISÃO – FUNAV

Fundada em 1994, a Fundação de Amparo à Visão (FUNAV), desenvolve projetos sociais destinados a pessoas carentes e de baixa renda, proporcionando serviços médicos oftalmológicos através do Sistema Único de Saúde (SUS) e a preços populares.

Através da FUNAV, pacientes de diversas idades têm acesso a ações preventivas, possibilitando a diminuição da prevalência de doenças oculares, contribuindo assim, para melhorar a condição de vida da população alagoana.

 

Principais Objetivos de Nossas Ações:

  • Na infância, procuramos diagnosticar e tratar a ambliopia, conhecida como “olho preguiçoso”, funa2que ocorre em cerca de 4% das crianças e pode influenciar negativamente no seu aprendizado e no desenvolvimento psico-social.
  • Ainda na infância e também na adolescência, identificamos e corrigimos os erros de refração (miopia, hipermetropia e astigmatismo), que dificultam a visão e podem interferir no rendimento escolar.
  • Na idade adulta, a preocupação é com o diagnóstico precoce do glaucoma, alterações causadas pelo diabetes e hipertensão arterial. Estas patologias quando identificadas e tratadas precocemente podem evitar uma perda visual importante e até a cegueira.
  • Aos idosos, damos total atenção ao diagnóstico e tratamento da catarata, uma doença que, pelo déficiImagem2t visual que proporciona, faz com que seus portadores se tornem exclusivamente dependentes de terceiros para realizar atividades do dia a dia.

Imagem2

Documentos necessários para consultas e cirurgias pelo SUS:

Consultas:

  • Autorização do CORA.
  • Cartão do SUS, Identidade, CPF e Comprovante de residência.

Cirurgias:

  • Guia autorizada pelo médico cadastrado na CNES do município ou guia autorizada no CORA salgadinho.
  • Consentimento para cirurgia assinada pelo paciente e responsável.
  • Todos os exames solicitados.
  • Cartão do SUS, Identidade, CPF e Comprovante de residência.

CONSULTA POPULARNão há necessidade de agendamento prévio. Para maiores informações ligue para FUNAV (82.2121-2839).

.

PROJETO SOCIAL | HOSL na Escola

Idealizado pela Dra. Lívia Ramos, oftalmologista especialista em cirurgia de catarata, em parceria com a Dra. Alline Ramos, oftalmopediatra, e Dra. Lays Batista, Fisioterapeuta e Ortoptista, o Hospital de Olhos Santa Luzia realiza o projeto ‘HOSL na Escola’, uma ação atenta ao processo de alfabetização, no qual há uma maior exigência de leitura e com a demanda visual progressiva que acompanha o desenvolvimento intelectual dos alunos.

Desta forma, é essencial estar atento aos pequenos sinais e sintomas que seu filho venha apresentar, como: dores de cabeça, lacrimejamento, sonolência e distúrbios de leitura (se perder no texto, pular linha e cansaço visual).

O ‘HOSL na Escola’ realiza uma triagem visual com os alunos da escola parceira, onde serão avaliadas a acuidade visual e a motilidade ocular, com o objetivo de identificar baixa de visão e possíveis alterações nos músculos extraoculares.

Cuidar da saúde ocular de seu filho é garantir que ele enxergue o melhor da vida.

 

PROJETO GLAUCOMA

Desde o ano de 2007, o Hospital de Olhos Santa Luzia em parceria com a Fundação de Amparo a Visão (FUNAV) e o SUS, disponibiliza tratamentos gratuitos para os pacientes portadores de glaucoma. Realizado tanto na capital como no interior, o projeto têm ajudado a milhares de pacientes a obter o controle da doença evitando a cegueira irreversível.

Para informações sobre o projeto e como se cadastrar entre em contato através dos telefones: (82) 2121-2840, (82) 2121-2839 e (82) 98236-6433.

.